segunda-feira, 21 de julho de 2008

Ser Poeta

Poesia de fim de domingo:
***

Escrever é ter o mundo na caneta
E o impossível na cabeça
É desejar tanto, tanto
E nem saber se se deseja ou o que deseja

Ë destilar gotas de chuva
Numa tempestade de explosão
É saber tudo e não querer saber
É estar com a mente vagando no espaço infinito da imaginação

Aspirar tudo, pensar em tudo
Esquecer do nada
Ter tudo na cabeça e ser vazio
Ser vazio com o coração cheio

É uma sede
É uma fome
É um desejo interminável de desejar, de sentir, de ter,
De saber, de querer, de sonhar

Sonhar com os pés no chão
E escorregar...

Um comentário:

Silvia Beatriz disse...

Rosele,
Bravo pela iniciativa.
Tem mais é que ir em frente e, quem sabe, mais adiante publicar todas as suas poesiasem um livro...
Dou a maior força!
Beijos da 'sogra'
Silvia