quinta-feira, 21 de maio de 2009

Retrocesso

Vou voltar cem anos na minha história
Cem anos que se resumem em cinco minutos
Mudarei tudo:
Cores, formas, posições, sabores.

Camaleão, camaleoa
Tudo transformado
Sangue em bandeiras de paz
Dor em esquecimento
Metade em inteiro

Sair-se-iam raios dos meus olhos
Ardendo em rancor
Queimar-se-iam os instantes de destruição

Cinzas faria o meu querer
Cinzas do meu coração
Essa fogueira maldita
Do que não sei falar
Do que não sei sentir

Um comentário:

Ana disse...

É...cinzas. Estamos aqui de passagem. O foda é essa mortalidade que persegue a gente, né?