domingo, 19 de julho de 2009

Memória

Lembrar você me aquece o coração
Você, meu sonho perfeito...
Você, música sem tom que não conseguiu achar seu ritmo.
Você, abraço perdido no secreto da minha imaginação.
Você, carta extraviada pra não sei onde.
Você, benção em meio à maldição.
Você, salvação e perdição.
Elo perdido sem quebrar.
Você, adágio doloroso.
Você, minha utopia...

3 comentários:

Carlos Felipe Figueiras disse...

Idem, idem, idem,...

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Rosele,

Quando encontramos o que completa, tudo se transforma.

Feliz dia do amigo, menina linda.

Rebeca

-

dablog disse...

Você está se superando! Parabéns pelo trabalho.