terça-feira, 14 de julho de 2009

Quero

Para os meus sobrinhos...
***

Quero um mundo sem padrões
Mundo de criança
Maçãs-do-amor , carrinhos de fricção
Bambolês, doces, pirulitos,
Carrossel, imaginação

Quero o mundo reluzindo
Nascer do sol atrás da árvore
Pássaro, borboleta, girassol

Céus e nuvens rosa-choque
Coração de morango-chocolate
Rasgando o peito em vermelho-escarlate

4 comentários:

Äмbзr Gïrℓ ⅞ disse...

o mundo de crianças é um mundo invejável. esse poema transcreveu esse sentimento direitinho. amei isso.

Blog Suicide Virgin

Ana disse...

Quando você escreve com tanta profundidade, fica difícil comentar... qualquer coisa que eu possa escrever parece pouco.

Marco Sistinne disse...

Mundo de crianças, chocolates e brincadeiras, a felicidade do verdadeiro amar, o encanto e perfume da vida. abraços Marco

dablog disse...

Seria o poema perfeito de Willy Wonka ou do já saudoso Michael.